Sem categoria

Cargos públicos dominam ranking das categorias profissionais mais bem pagas do país

Levantamento feito, a partir do imposto de renda, mostra que promotores, juízes e auditores são campeões de ganhos. 

Por Rafaelle Fróes, com informações do Jornal O Estado de São Paulo 

Segundo relatório divulgado, recentemente, pelo Instituto Brasileiro de Economia da Fundação Getúlio Vargas (IBRE/FGV), entre as dez categorias profissionais mais bem remuneradas do país, seis fazem parte do funcionalismo público. A categoria líder do ranking, recordista de ganhos, é o titular de cartório, que possui concessão pública. Na média, o rendimento anual apresentado, na declaração de imposto de renda do dono de cartório, fica em torno R$ 1,1 milhão.

Um detalhe que impressiona é a concentração de riqueza nessa camada. Os ganhos de 9.409 donos de cartório somam quase R$ 11 bilhões, o que é equivalente, por exemplo, aos ganhos obtidos pela cervejaria Ambev, que arrecada cerca de R$ 12 bilhões por ano. Em 2º lugar, estão as atividades ligadas ao Ministério Público, como promotores e procuradores, que ganham aproximadamente R$ 580 mil por ano. Em 3º lugar, estão os membros do Poder Judiciário e Tribunal de Contas, que ganham cerca de R$ 512 mil.  

Os cargos públicos dominam o ranking da pesquisa, aparecendo outras vezes. Diplomatas ocupam o 4º lugar, com ganhos anuais de R$ 332 mil; advogados do setor público, procuradores da Fazenda e consultores jurídicos aparecem em 5º lugar, com receita equivalente a R$ 284 mil. Servidores de carreiras do Banco Central e Superintendência de Seguros Privados aparecem, em seguida, com receita de R$ 269 mil e os auditores fiscais logo atrás, com cerca de R$ 264 mil em ganhos.

Entre os cargos privados, apenas os médicos, com ganhos de R$ 304 mil, pilotos de aeronaves, com R$ 252 mil, e atletas e desportistas, com R$ 219 mil, aparecem no ranking. O estudo foi elaborado pelo pesquisador da FGV, José Roberto Afonso, que teve como base de dados as declarações de imposto de renda de pessoas físicas de 2015, que apresentavam os valores de 2014.

O relatório anual, divulgado pela Receita Federal, traz informações de 27 milhões de pessoas, distribuídas em 133 categorias profissionais. O rendimento do conjunto, no agregado, soma R$ 1,4 trilhão por ano. Ao realizar o estudo, o pesquisador chegou à conclusão que a parte da população brasileira, que declara imposto de renda, ganha, em média, R$ 87 mil por ano.

O economista José Roberto Afonso lembra que as declarações de imposto de renda reúnem uma série de informações privilegiadas da população que não são encontradas em outras fontes. “A declaração é uma radiografia das pessoas de renda mais elevada do país’’.

0 comentário em “Cargos públicos dominam ranking das categorias profissionais mais bem pagas do país

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

This site uses Akismet to reduce spam. Learn how your comment data is processed.