Giro Acadêmico Jornalismo

Manual de Psicologia Escolar aborda temas de inclusão e autismo

Por Nazaré Nunes e Isabella Duarte

A pesquisa e a colaboração entre professores, estudantes e egressos da Universidade Ceuma resultaram na construção do “Manual de Psicologia Escolar, Inclusão e Autismo”, que tem como proposta apresentar à sociedade maranhense contribuições e especificidades acerca da atuação do psicólogo escolar no processo de inclusão de crianças e jovens com autismo.

O projeto, que surgiu da inquietude de estudantes de Psicologia e de seus envolvimentos em grupos de pesquisa, foi impulsionado com a criação, em 2017, do Instituto do Laboratório de Avaliação, Pesquisa e Intervenção em Transtorno do Espectro Autista (LAPITEA), onde os alunos aprenderam intervenções da ciência psicológica favoráveis ao processo de inclusão escolar de crianças e jovens com autismo, que possuem atraso no desenvolvimento.

Polliana Galvão, professora e psicóloga especializada em Psicologia Escolar, explicou a importância do trabalho em equipe para sua implantação. “É consensual, tanto na literatura científica da Psicologia quanto na experiência prática, que só se faz inclusão se existir uma equipe de apoio e aprendizagem nas escolas. E para isso, é necessário qualidade e, principalmente, a presença do psicólogo, porque é ele quem vai observar como as políticas educacionais, que hoje ampliam o acesso das crianças com autismo, vão se desenvolver nas escolas”.

Um dos temas debatidos no lançamento, e no Manual, é o desconhecimento da atuação do psicólogo escolar e educacional e o seu saber científico. A Psicologia Educacional trata do conhecimento psicológico a serviço da formação de professores, focado no desenvolvimento de competências que habilite o docente atuar de forma segura e autônoma.

Assim, o Manual foi escrito numa linguagem acessível, explicativa e que atenda à necessidade de todos os públicos interessados no tema. De acordo com Creuziana Xavier, graduada em Psicologia, pós-graduada em Análise do Comportamento Aplicada ao Autismo e Quadros Relacionados, e uma das organizadoras do material, o principal objetivo é alcançar alunos, professores e a sociedade envolvida nesse contexto de inclusão.

Na visão da estudante do 7º período de Psicologia, Amanda Rubim, a publicação é importante, sobretudo, por se tratar de inclusão social. “Este método, assim como vários outros, tem auxiliado os estudantes a trabalharem com as crianças. Sendo assim, este é mais um material que foi muito bem elaborado juntamente com as pesquisas”, elogiou.

0 comentário em “Manual de Psicologia Escolar aborda temas de inclusão e autismo

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

This site uses Akismet to reduce spam. Learn how your comment data is processed.