Giro Acadêmico Jornalismo

Guga Fernandes fala sobre empreendedorismo na estética

Por Isabella Duarte

Cuidar da saúde e da beleza está em alta; e o setor de higiene e cosméticos mesmo em períodos de crise não para de crescer. A pesquisa realizada pela Associação Brasileira de Produtos de Higiene Pessoal, Perfumaria e Cosméticos (ABIPHEC) em 2017, apontou que a indústria desse segmento, a qual fornece itens essenciais à população fechou o ano anterior com crescimento real de 2,75%, no faturamento ex-factory (líquido de imposto sobre vendas), mesmo com o forte impacto do peso tributário.

A questão desse mercado promissor e o empreendedorismo na estética foram temas abordados na palestra ministrada pela empresária Guga Fernandes, que atua no setor de suplementos em São Luís.

FATORES QUE CONTRIBUÍRAM PARA O CRESCIMENTO DO SETOR_

Para a aluna do 2° período de Estética, Cássia de Oliveira, é muito importante a participação em eventos como esse que traz um profissional com muita experiência no mercado. “Cada palestra que se participa, você agrega conhecimentos, é uma soma de novas experiências. É fundamental que o acadêmico participe de congressos, de simpósios, mesas redondas e possa adquirir o máximo de informações que aumente seu leque de conhecimentos”, afirmou.

Guga Fernandes disse que a ideia de trabalhar com o ramo de vitaminas e minerais surgiu quando ela já trabalhava com uma distribuidora. “Com as mudanças tributárias e a crise foi preciso reinventar o negócio. A partir de uma análise dos produtos, do que mais se vendia, da melhor margem de lucro, curva ABC e de todos os índices, chegamos nas beauty caps.

DSC_0988

Beauty caps é um suplemento formado por componentes naturais para o cuidado completo com os cabelos. “É formado por uma cápsula de softgel prensado a frio e dentro dela fica o ativo que é o que há de mais moderno no mercado”, ressaltou.

Durante a palestra, a empresária deu algumas dicas para os estudantes do curso, como: a importância do aluno ter a visão do que é empreender já a partir da universidade, pois isso proporciona um novo olhar para em que área da estética se deseja trabalhar, de que forma se coloca um negócio para frente, além da relevância da capacitação e da regularização. E em São Luís, órgãos como o Sebrae estão empenhados com essa visão de ajudar e fomentar o empreendedorismo.

0 comentário em “Guga Fernandes fala sobre empreendedorismo na estética

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

This site uses Akismet to reduce spam. Learn how your comment data is processed.