Giro Acadêmico Jornalismo

O papel da Biotecnologia na produção de Biocombustíveis

Por Flavianny Duarte

Como parte da programação do VI Congresso de Inovação, Tecnologia e Sustentabilidade, ocorreu a palestra: “O papel da Biotecnologia na produção de Biocombustíveis”, ministrada pelo Mestre em Biotecnologia e Doutor em Bioprocessos (UFRJ), Edelvio de Barros Gomes.

Doutor Edelvio de Barros Gomes falou sobre Biotecnologia na produção de Biocombustíveis

Durante o evento, o palestrante explicou que o tema é um assunto atual e fundamental para o desenvolvimento tecnológico do país, porque é uma mudança de paradigma, um processo global cada vez mais urgente na produção do Bioetanol e na preparação de uma biomassa, que é uma matéria orgânica viva, utilizada para produção de energia.

Edélcio Gomes informou também, que no Brasil várias espécies vegetais são utilizadas atualmente para a produção do biodiesel, entre as mais citadas destacam-se: mamona, dendê (palma), girassol, babaçu, amendoim, cana-de-açúcar, canola, pinhão manso e soja, dentre outras.

20181109_074158

Ao final do evento, o especialista ainda frisou que existem vários avanços no que diz respeito à biotecnologia, com técnicas voltadas para o melhoramento genético de diversos tipos de biomassa. “Muitas empresas têm apostado em soluções de biotecnologia para a produção de novas fontes de energia, incluindo a manipulação de micro-organismos para a otimização de alguns processos”, completou.

0 comentário em “O papel da Biotecnologia na produção de Biocombustíveis

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

This site uses Akismet to reduce spam. Learn how your comment data is processed.