Jornalismo

Trazer de casa ou comprar o almoço? Alunos falam sobre as escolhas alimentares durante o período acadêmico

Por Sâmylla Marinho e Taynara Silva

Um desafio da rotina universitária é aliar a vida acadêmica com os horários de alimentação. É habitual o corpo discente, docente e funcionários passarem o dia inteiro na IES, incluindo o período de almoço. Sendo assim, comprar almoço na Universidade, ou trazer marmitas de casa, são as opções mais praticadas pelos membros da comunidade acadêmica, que raramente optam por restaurantes fora da faculdade, devido ao custo.

Um dos desafios da rotina universitária é aliar a vida acadêmica com os horários de alimentação

Suzane Mesquita, aluna do 8º período de Jornalismo, prefere trazer o almoço de casa, pois, segundo a aluna, essa opção traz mais vantagens. “Financeiramente falando, comprar comida todos os dias aqui ultrapassa o meu limite de orçamento. Além disso, trazer minha própria comida permite variar o cardápio de forma saudável”, pontuou.

Gleice Guimarães, estudante do 7º período de Publicidade e Propaganda, opta por comprar na Universidade, pois para ela é mais prático, apesar de ser mais caro. A estudante gasta, em média, R$ 30,00 a R$ 40,00 reais por semana com o almoço “O valor das refeições influencia na alimentação de cada dia, às vezes eu compro um lanche que é mais barato, outras vezes, opto pela refeição que sai um pouco mais caro”, explicou.

0 comentário em “Trazer de casa ou comprar o almoço? Alunos falam sobre as escolhas alimentares durante o período acadêmico

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Saiba como seus dados em comentários são processados.